Al-Kindī (IX e.c./ III h.), o primeiro filósofo de língua árabe, nasceu e recebeu sua primeira formação em Kufa, completando-a em Bagdá. O califa Al-Ma’mūn integrou-o à Casa da Sabedoria, recém-fundada, e, seu sucessor, Al-Mu‘tasim – para quem é endereçada a obra “Sobre a Filosofia Primeira” – fez de Al-Kindī o preceptor de seu filho Ahmad. Nesse período de intensa atividade de recepção de obras de Filosofia e Ciências vindas de fontes persas, indianas e, notadamente, gregas, Al-Kindī trabalhou junto aos tradutores, encarregado de monitorar e controlar as traduções. Embora seja difícil estabelecer a exata medida de suas intervenções no processo de apropriação de conceitos da Filosofia e das Ciências, […]