Stonehenge2Foi descoberto um círculo subterrâneo formado por mais de noventa pedras, cada uma com 4,5 metros de altura, aproximadamente. O anúncio foi feito neste mês por Vince Gaffney, arqueólogo da Universidade de Bradford, Inglaterra. O círculo de pedras tem um quilômetro e meio de circunferência e mais de 500 de metros de diâmetro, e está localizado a três quilômetros do conhecido monumento circular de Stonehenge. A nova descoberta foi realizada por detectores de mapeamento subterrâneo, indicando que o conjunto de pedras, que permanece enterrado a mais de um metro de profundidade, deve ter sido construído no Neolítico, entre 3.000 e 2.500 anos antes da era comum. Confirmando-se a datação, trata-se, pois, de um dos mais antigos monumentos do continente europeu. O atávico círculo de pedras, talvez tenha espelhado a rota giratória das estrelas e dos céus, tão nítidos aos olhares ancestrais, talvez tenha sido usado como um espaço ritual de dança, de fogo, de canto e de magia. Agora, no silêncio subterrâneo, a roda de pedras soma-se  às marcas ancestrais do pensamento humano que, por um lado segue a escavar seu passado e, por outro, tenta alcançar as estrelas em suas naves viajantes. O que procuram em incessantes buscas? Onde, enfim, estarão as respostas, no seio da Terra ou no profundo dos céus? De todo modo, o que parece certo é que, enquanto duram os ciclos dos céus, a existência continua a empurrar o desejo dos humanos para compreenderem o que está em cima e o que está embaixo, em uma longa caminhada, talvez em círculos.

 Stonehenge foto do video

   Miguel Attie Filho, 27 de setembro de 2015

Fonte: Le monde : http://bigbrowser.blog.lemonde.fr/2015/09/07/de-nouvelles-pierres-decouvertes-sous-un-grand-site-pres-de-stonehenge/
Image : Durrington Walls super-henge / University of Birmingham http://lbi-archpro.org/cs/stonehenge/durringtonwalls.html
Vídeo: https://www.youtube.com/watch?t=3&v=zIfOGFA4OTE
FacebookTwitterGoogle+LinkedInEmailWhatsAppCompartilhar